04/04/2014

[TEXTO] #DESESPERO

   
      O ato de esperar transforma pensamentos que foram estabelecidos há certo tempo e ao mudar os paradigmas, muito preconceito é gerado. Notícias conturbadas sobre catástrofes da vida é o que mais há nos dias atuais.

    A cada dia temos mais dificuldade de enxergar o mundo, seja nos momentos frágeis ou nos momentos ternos. Todos ficaram parados esperando a sua vez chegar, e eis que ela não surgiu. O desespero tomou conta do coração e da mente e transformou aqueles pensamentos puros, em sentimentos conturbados e sem nexo. 

     Como é possível viver sem morrer mais a cada segundo? Nossa mente se enfraquece perante as fases da vida, nada é eterno. Tudo é passageiro e muitas vezes sem perceber criamos expectativas de que tudo dará certo, mas o fim não se pode prever.                        
                                                                   

    Caímos tão fundo na nossa solidão que não percebemos a do outro. O corpo se desfalece junto com a ideia fixa de que é no futuro que seremos felizes. Não é óbvio que a felicidade está nos momentos cotidianos. 

   Quando uma conversa é o consolo de alguém que está cansado de sofrer, de uma criança singela que brinca na rua com os amigos, uma senhora que precisa de ajuda pra atravessar e uma pessoa que não está tão apressada em seu caminho pela vida se digna a parar e ajudar a humilde senhora.

    A felicidade ficou estagnada no tempo, assim como a ideia fixa de adquiri-la e por isso não se é feliz, porque a felicidade não se acha, ela se vive.
©
.
.
imagem-logo