01/12/2014

[RESENHA] #A COLEIRA


Hello bibouss, tudo okay? Hoje no blog irei postar uma resenha de um livro bem diferente do que eu costumo receber, mas isso não significa que eu não tenha gostado. Muito pelo contrário, se trata de um livro brasileiro que me foi cedido pela escritora Nana Pauvolih uma parceira do blog. Vamos começar? \o/

Lido em: Outubro de 2014
Título: A Coleira
Autor (a): Nana Pauvolih
Editora: Multifoco
Gênero: Literatura erótica
Ano: 2013
Páginas: 200
Avaliação: ★★★★

Sinopse: O que você faria se pudesse salvar as empresas de sua família da falência? Aceitaria a proposta de ir para a cama de um homem rico, frio, lindo, que mexeu com você desde que a fitou pela primeira vez? A jovem Lorenza tinha apenas dezessete anos quando conheceu Miguel Montês. Mas nunca o esqueceu. Em meio a acordos desonestos e fuga, ela acabou parando na cama dele seis anos depois, obrigada a usar uma coleira e ser prisioneira de um homem que queria cobrar velhas dívidas do passado. De uma louca e intensa atração, permeada por dramas e cenas altamente sensuais, Lorenza vai descobrir o amor de uma forma única, densa, voraz.


Lorenza é uma jovem moça de dezessete anos que de uns tempos prá cá começou a perceber que os negócios do pai estavam à beira da falência. Ela percebeu como o pai se encontrava abatido, sem vida e mais magro pela tristeza que passou a ter com as dívidas que possuía.

Ao voltar mais cedo do seu último dia de aula, Lorenza fica no aguardo de seu pai que está em reunião com alguém. Ela quer falar com ele, mas fica com receio de interromper um assunto importante então espera pacientemente.

Aos ouvir vozes ela percebe que o pai saiu da reunião e se prontifica a falar com ele, mas quando ela se dá conta percebe um homem ao lado de seu pai. Um homem que ela nunca vira na vida, o homem mais lindo que ela já ousou ver.

A moça fica extremamente envolvida e excitada só de olhar nos olhos do maravilhoso e sexy Miguel Montês, um homem muito rico que seria a salvação dos negócios do pai dela.

Mas Miguel além de rico se mostrou muito safado e sem escrúpulos, em troca do dinheiro que salvaria o pai de Lorenza da falência, ele queria Lorenza como amante até enjoar. É claro que Otávio pai de Lorenza não quis aceitar a proposta.

Mas ele fez algo que não deveria, ele fingiu aceitar a proposta e pegou o dinheiro e fugiu com a filha para Portugal engando Miguel que o julgava como honesto.

Seis anos se passaram e Lorenza decidiu que era hora de retornar ao seu país natal. No Rio de Janeiro ela tinha Daniela uma prima muito querida que ela se correspondia esporadicamente por e-mail. Chegando ao Rio um turbilhão de emoções passa pelo corpo de Lorenza e ela vai até a casa da prima de surpresa.

Chegando à mansão dos avós que foi herdada por Daniela, ela tocou o interfone e perguntou pela prima, mas na verdade foi recebida por Amélia, empregada da mansão. A senhora era extremamente séria e reservada, o que não agradou Lorenza.

Entrando lá Amélia leva a nova hóspede até seu antigo quarto que ainda possuía suas coisas de infância. Amélia então prepara um lanche para Lorenza que aos poucos vai sentindo muito sono. Quando sentiu que iria apagar, uma voz conhecida ecoa pelo quarto e sim. É ele, Miguel Montês, pronto pra cobrar uma dívida esquecida por seis anos.

Ao acordar Lorenza percebe que está presa em uma coleira, como um cão. Ela tenta se soltar, mas a coleira machuca seu pescoço. Miguel então se revela e diz que a prendeu com a finalidade de fazer tudo que tiver vontade com o corpo dela.

Lorenza entra em desespero e começa a chorar copiosamente, afinal Miguel deixou claro que iria abusar sexualmente dela. Aos poucos ele vai torturando-a psicologicamente quando enfim começa a seção de sexo que ele tanto desejou.

------------------------------------------------------------------------

Bibouss, confesso que o livro me surpreendeu bastante, as cenas de sexo eram bem detalhadas e ficou claro, que em nenhum momento Miguel estuprou Lorenza. Em todos os momentos ela mostrou que queria o toque dele, as carícias, os beijos e o sexo bruto.

Mesmo sendo virgem Lorenza se mostrou obcecada por sexo e quase que implorava por atenção do primeiro homem que a possuiu. Miguel muitas vezes se mostrou extremamente frio e sem limites. E devido a um segredo do passado ele ficou corrompido pela desconfiança e a todo momento humilhava Lorenza que permanecia presa em um quarto, tendo que fazer tudo que ele desejava.

As cenas de sexo eram bem explícitas, tudo bem detalhado e bem erótico. Eu gostei do desfecho da estória e as cenas foram bem picantes, acho que esse foi o livro mais erótico que já li.

Fiquei com um pouco de antipatia de Lorenza que me pareceu um tanto repetitiva em suas falas, como o exagero de descrever Miguel fisicamente quase toda vez o via. Mas ficou claro que ele era lindo, por isso sempre a impressionava por seu porte único.

O livro é relativamente fino, as folhas são brancas, a diagramação é simples e a capa tem tudo a ver com o enredo da estória. O narrador é autodiegético, sendo Lorenza a única narradora.

Bom bibouss, é isso espero que tenham curtido a resenha se sim, deem um like abaixo do título do post isso me ajuda na divulgação e crescimento do blog, e não esqueçam de deixar a opinião de vocês nos comentários, vô-lá.
Kissus
©
.
.
imagem-logo