13/01/2015

[TEXTO] #SENTIR-SE BEM

Hello bibouss, tudo okay? Hoje aqui no blog irei fazer um desabafo literário como se uma pessoa tentasse por meio das palavras, descrever como se sente em relação ao que a rodeia de todos os lados. Queria pedir que vocês lessem e dessem uma opinião sincera, pois amo escrever e quero melhorar mais a cada dia. Vamos começar? \o/

-----------------------------------------------------------------------------------

No período em que tenho encontrado o que finalmente desejei, fico na expectativa de que dure eternamente. Ao voltar ao mesmo lugar que estive boa parte da minha mocidade, sinto que algo está faltando, como um copo de água para alguém que não a bebe há dias. Os sonhos sempre retomam o mesmo ideal, de que o lugar que eu queria continua distante.

As mesmas risadas costumeiras, os mesmos assuntos cotidianos continuam a pairar minha mente, como uma música que invade sua mente e demora a parar. O velho prato que voltou a ser lavado pela mesma mão que o lavou ontem, e anteriormente. Nada mudou. Eu mudei. E não acredito que essa mudança tenha agradado a todos que eu conheço. O que antes pra mim era mágico e perfeito se tornou obsoleto e sem fins.

        Queria poder estar no lugar que estou agora sem estar com o pensamento longe, procurando por um resquício do que eu consegui sentir no meio daquelas novas pessoas, dos novos sonhos e de músicas que eu não costumava ouvir, mas que agora insistem em permanecer em minha mente, como um vírus que tomou conta do meu corpo e não há remédio ou cura para esse estado de insana paz que eu sinto quando retorno ao lugar que eu estava há instantes atrás. Minha vida e mente está aqui, mas oscila querendo voltar temo não poder fazer o que tanto desejei para fazer o que me foi imposto, mas o que fazer para mudar o imutável? Creio que nada! 
Kissus

©
.
.
imagem-logo