24/08/2015

[RESENHA] #ENCONTROS E DESENCONTROS

Hello bibouss, tudo okay? No post de hoje mais uma resenha, ehhh. Parceria com a autora Rosana Prito, que me procurou e me cedeu um exemplar do seu livro de contos para mim ler e resenhar aqui no SVÂ, fiquei muito feliz e animada com os contos, vamos começar? \o/

Ficha técnica
Título: Encontros e desencontros
Autor (a): Rosana Prieto
Editora: All print
Gênero: Contos
Ano: 2015
Páginas: 40
Avaliação: 
Sinopse: Ao abrir este livro, as portas do real e do imaginário são abertas. O leitor terá acesso à diversão, melancolia, horror e demais sentimentos humanos que fazem parte de nosso cotidiano. Os personagens serão verdadeiros amigos e companheiros de todas as idades: crianças, jovens sonhadores, senhoras idosas que compartilharão suas histórias, experiências e estarão à sua disposição para serem lidos de dia e de noite. Leia e tenha a sua própria opinião Este livro contém nove contos ecléticos. Vale ressaltar alguns para que o leitor tenha uma ideia do universo que um livro pode alcançar. O primeiro intitulado: A Espera, trata-se da visão de uma menina no começo do século XX, seus desejos, suas esperanças. A guerra é tudo o que perdemos em nossas vidas. Os contos: A música e A Vida tributos às artes em geral: como a música, a dança, a literatura. A narrativa intitulada: O Mistério nos leva ao mundo do desconhecido, o lado obscuro do ser humano. A história Tristeza enfoca problemas nos relacionamentos e a dor da separação. O Sonho trata-se de uma brincadeira onde a história mundial teria sofrido modificações e a colonização da América tivesse sido feita pelos catalães. Por último o conto premiado intitulado: Eu queria a “Tippy”, ganhador do Premio Especial Daniel Solano no Concurso do Dia do Livro e da Rosa, patrocinado pela Unesco, em Quito – Equador. Esta narrativa conta a história da autora quando criança e seu desejo ardente por uma boneca.
O livro é repleto de contos que sempre foram como um toque silencioso em meu coração, todos eles possuem uma sensibilidade que me deixou pensativa em como a vida é cheia de surpresas: boas ou ruins. A cada página senti um misto de alegria e depois tristeza pelo finalizar de cada conto, que me tocou e me deixou emotiva as vezes. 
"Eu pensava: "te esperarei com os braços abertos". No entanto, agora tinha medo, percebia de que ele demoraria. Não entendia essa guerra. Parecia-me tonta. E o meu noivo Onde estaria?". 
Se trata de um livro com nove contos, intitulados por: A espera, a guerra, a música, a vida, cotidiano, o mistério, tristeza, um sonho e eu queria a “Tippy”. Percebi que em todos os contos o final é composto pelo fim da vida, em cada conto um personagem especial acaba morrendo poeticamente falando. 
“Sempre estou esperando um novo dono que me respeite e que goste de minha companhia na era da informática.”
Um conto em especial me surpreendeu no fim “O mistério”, foi o ápice do conto pois me fez pensar que sabia o que aconteceria mas na verdade outro fato importante se sucedeu. Os contos são sobre vários assuntos, o ciúme, o amor, a música, o preconceito, a devoção, a tristeza, a perda e isso se torna um mar de questionamentos na minha cabeça, a escrita da autora é muito fluida e fácil de compreender.
A capa é muito poética na minha opinião, as páginas são amareladas, a diagramação é simples e o livro é narrado por diversificados protagonistas.
Bom bibouss, essa foi a resenha espero que tenham curtido, fiquem de olho nas redes sociais e deixem nos comentários se já leram ou querem ler esse livro repleto de contos.
Kissus
©
.
.
imagem-logo